• Aumento se deve a uma mudança na legislação, que desengessou a comprovação da ilegalidade

    O som automotivo muito alto, em trânsito ou estacionado em via pública, além de perturbar e tirar a atenção de outros condutores, gera multa. Se o ruído do veículo estiver mais alto que buzinas, sirenes ou barulhos comuns das vias, o motorista poderá ser notificado. No ano passado, mais de 2,5 mil autuações foram emitidas, registrando um crescimento de 500% em relação a 2016. Isso foi possível graças a uma mudança na legislação que desengessou a comprovação da ilegalidade.

    O artigo 228 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) dispõe sobre o uso de equipamento com som em volume ou frequência não autorizada pelos órgãos competentes e considera a infração grave, com multa de R$195,23 e desconto de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Desde outubro de 2016, a regra para o uso de alto-falantes foi alterada por uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), permitindo que o agente de trânsito autue sem a necessidade de medição da intensidade sonora.

    informações Jornal de Brasília

    PUBLICIDADE


    • Compartilhe:

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!