• O coordenador Cristiano Rans levou ao Legislativo informações sobre a atuação do órgão responsável pelas ações de fiscalização e organização do trânsito da cidade

    A Tribuna Popular da Câmara de Vereadores de Barreiras foi ocupada nesta quarta-feira (29), por Cristiano Rans, responsável pela Coordenação Municipal de Trânsito (Cootrans). Ele explicou o processo, iniciado em 2010 para que o trânsito de Barreiras obtivesse a municipalização plena. Parado durante sete anos, somente agora, em 2017 foi dada sequência na demanda e finalmente concluída.

    “Seguimos todas as etapas exigidas, com campanhas educativas, palestras em escolas, blitz de conscientização sobre o uso do capacete, do cinto de segurança e o não uso do celular. Hoje Barreiras, que possui uma frota de 73 mil veículos aqui cadastrados e se encontra 100% com seu trânsito municipalizado”, disse.

    Publicidade

    Um relatório de ações realizadas pela Cootrans foi mostrado aos presentes, como a intensiva fiscalização dos veículos de transporte de passageiros irregulares, foram 16 apreensões realizadas.  Implantação de mais de 450 placas de sinalização vertical no centro, Barreirinhas, Vila dos Soldados e Santa Luzia. Sinalização de quatro ruas do centro com a implantação de sentido único nestas vias.

    Orientações para pessoas idosas retirarem seus cartões de acesso ao transporte público gratuito, levantamento do fluxo de veículos em áreas de grande movimento para futuras intervenções de melhoria. Implantação do sistema de processamento de dados interligado ao sistema nacional para obtenção de informações de qualquer veículo. Pintura de mais de 60 faixas de pedestres em diferentes pontos da cidade.

    Constam ainda na relação de ações desenvolvidas e em andamento, o estudo para implantação da zona azul em Barreiras. O sistema de processamento de infrações, que desde 21 de julho está recebendo as notificações, até agora, considerando os 73 mil veículos cadastrados, um total de 2% de infrações foi emitido.

    Na oportunidade o coordenador rebateu as críticas de que os agentes da Cootrans estariam multando indiscriminadamente veículos e condutores. “Quem estabelece critérios para a autuação de má conduta ao volante é o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e não a prefeitura, se houver autuação é porque houve infração”, rebateu.

     Rans explicou ainda que na antiga sede da prefeitura, na Av. Clériston Andrade está instada a Junta Administrativa de Recursos de Infração (JARI), lá, todo motorista notificado poderá protocolar sua defesa e recorrer das multas recebidas. Ele finalizou reforçando que a Cootrans está à disposição para atender demandas de cidadãos e de órgãos públicos estaduais e federais que necessitarem de parcerias para melhorar o trânsito de Barreiras e garantir a ordem pública.

    *Matéria Atualizada às 22h:16min Para Correção de Informações.

    Informações Dircom Prefeitura de Barreiras

    * Confira a galeria de fotos desta notícia:


    • Compartilhe:

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!