• Com a conquista o Morada da Lua se iguala ao Vila Brasil, Tetra Campeão Barreirense

    Vila Rica e Morada da lua não realizaram uma primorosa partida na decisão do Barreirão 2017 mais nem por isso decepcionaram seus torcedores que compareceram ao Geraldão. A expectativa era muito grande para este jogo principalmente em relação ao Dragão de Serra que após alguns anos estava de retorno a elite do futebol barreirense. Pelo que apresentou até chegar a decisão, o Vila Rica entrava em campo com certo favoritismo. Time de melhor índice técnico do campeonato, venceu seus jogos nas quartas e semifinal e somou o maior numero de pontos ganhos. O morada da Lua chegou a grande final na terceira colocação da classificação geral do campeonato. Nas partidas que antecederam a decisão, quartas e semifinais, onde jogou abaixo da crítica, principalmente na partida das quartas de final, se credenciou através das cobranças de pênaltis após empates no tempo normal de jogo, onde brilhou a estrela do goleiro Gleidson.

    Reencontrando o futebol apresentado na primeira fase, o Morada da Lua fez um bom primeiro tempo com movimentações seguras em todos os setores do campo, surpreendia o Vila Rica que errava muitos passes e não conseguia dar sequência nas jogadas e facilitava o trabalho do sistema defensivo do adversário. A situação ficou mais difícil para o Dragão do Morro aos 13 minutos quando o goleador Robert após lançamento de Sávio aproveitou displicência da zaga e com oportunismo abriu o placar em favor do morada da Lua.

    Mesmo com o placar favorável, o Morada da lua continuava aproveitando dominando o jogo e buscava o segundo gol que lhe daria uma certa tranquilidade. Mesmo jogando aquém do podia, o Dragão da Serra teve uma grande oportunidade de empatar o jogo aos 17 minutos a bola passa rente ao travessão. Logo em seguida Geovani deu a resposta obrigando Bebeto evitar o segundo gol com grande defesa em dois tempos. Antes de término do primeiro tempo Neném arrisca da intermediária a bola vai pela linha de fundo.

    No segundo tempo O vila Rica volta melhor e começa a apertar a saída de bola do adversário que resolveu se abdicar do ataque. Diego começou a encontrar espaços no setor de meio de campo e buscava alimentar o ataque que não conseguiu sobrepor o bem montado setor defensivo do Morada Lua. A melhora do Dragão da Serra não foi suficiente para ultrapassar o sólido sistema defensivo do adversário, e a tão aguardada disputa entre o melhor ataque contra a melhor defesa do campeonato, deu a última que conseguiu segurar o resultado e levar o Morada da Lua ao seu quarto título do campeonato barreirense.

    A nota boa ficou por conta do Departamento de Esportes da Prefeitura de Barreiras através de Fernando Machado, ao sugerir que as duas decisões do campeonato, primeira e segunda divisão, acontecessem no mesmo dia. Os torcedores, entre mil e quinhentos e dois mil, deram a resposta e prestigiaram as duas decisões do Campeonato Barreirense e vibraram com os campeões proporcionando uma festa que não se via há alguns anos no Estádio Geraldão. Segundo a Liga Barreirense apenas 800 torcedores pagaram o ingresso para assistirem a festa de Centenário e Morada da Lua na tarde noite deste domingo 02 de Dezembro.

    Com Centenário e Guarani substituindo Colonial e Rio Verde na elite do futebol barreirense, o Morada da Lua conquistando seu Tetra Campeonato, e show das torcidas nas arquibancadas, demonstra que se houver uma organização em todos os setores do futebol de Barreiras, com planejamento e união dos responsáveis, os torcedores responderão e darão sua contribuição para num futuro muito próximo o Estádio Geraldão voltará aos áureos tempos do futebol, com muita festa nas arquibancadas.

    * Confira a galeria de fotos desta notícia:


    • Compartilhe:

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!