07
maio

 

Diferentemente da estreia, quando deixou escapar dois preciosos pontos atuando em casa e com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, a Seleção de Barreiras jogou 70 minutos com um jogador a menos e empatou em 2 a 2 com a seleção de São Desidério na tarde deste domingo (06), na casa do adversário.

Após uma jogada errada quando não deu sequencia a um bom ataque da Seleção de Barreiras, Heuller esbravejou um sonoro palavrão dirigido a si próprio e foi expulso pelo árbitro com a alegação de ter xingado palavras obscenas próximo a torcida, explicação dada pelo condutor da partida.

Até a expulsão de Heuller, tanto a seleção local quanto a visitante, tentavam mais na base da vontade chegar ao gol adversário. Melhor estruturada no setor de meio de campo, a Seleção Barreirense conseguia controlar o ímpeto inicial da Seleção de São Desiderio que queria fazer valer o mando de campo para conseguir um resultado favorável.

São Desidério, aumentou seu volume de jogo ao ficar com um jogador a mais em campo e começou a sufocar a retaguarda da Seleção de Barreiras que se defendia heroicamente evitando que a meta do goleiro Vitor fosse vasada. Com mais vontade e ousadia do que na estreia, os meninos do Zé Carlos às vezes assustava o goleiro adversário ora com Vitinho em jogadas individuais e Thiago na base do vigor físico. De tanto insistir, após vacilo da defesa, Herbley abre o placar a favor de São Desidério. Barreiras não se abateu e continuou com a mesma vontade, e na base da raça, Doni aproveita rebatida da defesa e empata a partida.

Mesmo com alguns erros da arbitragem, não intencionais para nenhuma das equipes e sim por desconhecimento das regras e tentando ser o personagem do espetáculo querendo se aparecer, talvez até pela presença da TV Câmara, gesticulava muito nas marcações e vários silvos com o apito ao marcar os lances, a partida continuava vibrante com as duas equipes buscando o segundo o gol. Barreiras mais na base da raça e São Desidério nas jogadas individuais de Herbley que quase sempre eram aliviadas pela defensiva adversária.

O inesperado aconteceu a favor da seleção de Barreiras. Vitinho notou que Cairo fazia a ultrapassagem em velocidade pela direita lançou na medida e o lateral faz o cruzamento que Tiago sobe livre e manda para o fundo da rede virando o placar a favor de Barreiras, 2 a 1. Mesmo com inferioridade numérica, a Seleção de Barreiras ia sustentando placar. O técnico Zé Carlos fazia as substituições e logo era obrigado a trocar o mesmo jogador por contusão como aconteceu com Pablo. São Desidério perdia chances em cima de chances de empatar até que Deivid, num lance de felicidade, acerta um petardo da entrada da área sem-chances de defesa para o goleiro Vitor empatando a partida em 2 a 2. Antes do final do jogo Barreiras ainda teve duas oportunidades de marcar o gol da vitória, ambas com 2000 aos 40 e aos 43 minutos que foram desperdiçadas.

Com o empate, tudo ficou embolado no Grupo A. Barreiras, Riachão das Neves e São Desidério somam 02 pontos ganhos cada.

No próximo domingo estará acontecendo o jogo da volta, desta vez a Seleção de São Desidério estará visitando Barreiras no Estádio Geraldão.

O prefeito de São Desidério, Zé Carlos esteve acompanhando a partida das arquibancadas.

O prefeito de Barreiras, Zito Barbosa acompanhado da vice-prefeita Karlucía Macedo, diretor de esporte Fernando Machado e o subdiretor Jozildo Félix, estiveram presentes no Estádio Ocival Rodrigues de Souza acompanhando a partida da Seleção de Barreiras. Ao final, Zito Barbosa e toda sua comitiva estiveram no vestiário da seleção parabenizando jogadores e comissão técnica pelo excelente resultado conquistado.

Os demais resultados da Copa Oeste deste final de semana foram

 

 

 

 

 

 

*Matéria Atualizada às 21h:56 Para Correção de Informações.

* Confira a galeria de fotos desta notícia:

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim